SOMENTE ESCURIDÃO... SOU... 

 

Caminho sobre feridas abertas

Um rastro de dor desenha minha trajetória

Fracassos e descasos jorram ao meu redor

Poças de desilusões se formam

 

O horizonte é negro, pesado, sombrio

Fecho os olhos, não há nada para ver

Meus passos sem rumo se perdem

Desapareço na escuridão do meu ser

 

Meu sorriso não consegue mais disfarçar minha dor

Não importa, não há motivos para sorrir

Estou só

Tranco a porta que me traria de volta

  

Sou somente dor, escuridão

Consumida pelo nada, entrego-me...

Copyright © 2020 - Todos os Direitos Reservados à Marcela Re Ribeiro - Reprodução Proibida

LIVROS DA AUTORA

​SIGA-ME

  • Facebook Classic
  • Instagram ícone social
  • LinkedIn ícone social
  • Twitter Classic
  • c-youtube

© 2018 Todos os Direitos Reservados à Marcela Re Ribeiro