QUAL É A RAZÃO DE TUDO ISTO?
 

Sinceramente, não está fácil lidar com este momento tão complicado no mundo inteiro. No Brasil, ainda pior! No dia a dia, uma aflição insiste em permanecer em nosso coração, por mais que tenhamos vontade de continuar lutando.

Tempos muito difíceis! Acredito que jamais vivenciados, na história recente.

 

Incertezas, medo, ignorância, rivalidade, ódio, perseguição e instabilidade sendo despejados às toneladas por todos os cantos… e a esperança tenta se agarrar em alguma parte de nós que ainda resiste e crê que tudo ficará bem. Mas quando?

 

O que vejo é uma Pátria partida, machucada, sangrando, e gladiadores verbais fazendo shows diários, nutrindo a desunião, o desrespeito e o medo, criando uma teia perigosa e venenosa.

 

Há demonstração de afeto e de empatia, há ajuda aos que necessitam, mas são apenas momentos que se esvaem, parece que tudo que foi feito é esquecido rapidamente. Seria maravilhoso se esse sentimento pudesse se enraizar em todos e permanecer, nos fortalecendo, e os atos de cidadania serem espalhados ao redor do mundo — o pensar no outro. Por exemplo: o que é melhor para todos, e não o que é melhor para mim.

 

A impressão que fica é que não há espaço para se espalharem e continuarem firmes. Uma névoa continua a esconder e abafar a coragem, plantar o desânimo e nutrir o descaso.

 

São tantas mortes ao redor do mundo!

 

Qual é a razão de tudo isso?

 

No Brasil é pior, pois além de ter que lidar com o vírus, a corrupção está enraizada e dificulta a disseminação da verdade e de ações efetivas para a população. Adultos e crianças perderam a chance de viver, empresários perderam seus negócios, muitos de gerações antigas, milhares de trabalhadores desempregados, a fome está por todos os cantos.

 

E os médicos, enfermeiros e profissionais que estão na linha de frente?! Muitos morreram tentando salvar vidas. Se para nós não está fácil, imagina para eles!

Parece que não estamos aprendendo uma lição importante que esse momento da vida tenta nos mostrar. Por mais que haja ajuda, não é suficiente… O problema, ao invés de diminuir, aumenta. Está tudo de ponta-cabeça, o caminho à frente ainda é incerto.

Afinal, qual é a razão de tudo isso?

Copyright © 2021 - Todos os Direitos Reservados à Marcela Re Ribeiro - Reprodução Proibida

LIVROS DA AUTORA

To play, press and hold the enter key. To stop, release the enter key.