ADEUS

Encerro aqui meus passos

Desfragmentado ser sou eu

Liberto-me de uma vida em descompasso

Histórias e pensamentos não são mais meus

 

O amanhã me chama, fascina

Fecho os olhos do coração, sigo meu destino

Rastro de mágoa em meu caminho cintila

Sigo em frente, cansei de viver em desatino

 

Em minha alma cravada a adaga

Não há como evitar a dor

Lágrimas escorrem em frias madrugadas

Escolhi abandonar um grande amor

 

Solidão...

 

Sensação aperta meu peito

 ao passado digo adeus

Não olho para trás, aceito-ti

Minha vida, trajetória, pensamentos não são mais teus

 

Adeus...


Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados à Marcela Re Ribeiro - Reprodução Proibida

LIVROS DA AUTORA

​SIGA-ME

  • Facebook Classic
  • Instagram ícone social
  • LinkedIn ícone social
  • Twitter Classic
  • c-youtube

© 2018 Todos os Direitos Reservados à Marcela Re Ribeiro